Buscar
  • Ricardo Zanon

Novo Delegado da Capitania dos Portos de Itajaí visita Superintendência


Com o objetivo de conhecer as estruturas que o Porto de Itajaí oferece, através do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes, nesta segunda-feira, 18, militares da Marinha do Brasil estiveram na sede da Superintendência.

Na oportunidade, o Capitão de Fragata, Eduardo Rodrigues de Paula, que responde até o final deste mês pela Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí, solicitou um encontro com os representantes da superintendência (Autoridade Portuária), para apresentar seu mais novo substituto e convidar o efetivo da superintendência para a cerimônia de passagem e troca de direção da Marinha local.

O mais novo Delegado da Capitania dos Portos de Itajaí, Capitão de Fragata – Eduardo Rodrigues de Lima, estará à frente da Marinha em Itajaí, a partir do dia 29, pós solenidade na sede da Capitania em Itajaí.

As autoridades da Marinha foram recepcionadas pelo Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, o Diretor Geral de Administração e Finanças, Ronaldo Camargo Souza, e o Diretor Geral de Engenharia, Jucelino dos Santos Sora.

Inicialmente, o Superintendente Fábio da Veiga, fez uma apresentação geral do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes e nela destacou pontos relevantes sobre o histórico do Porto e as diversas ações estruturantes realizadas nos últimos anos e principalmente desta atual gestão.

Entre os principais assuntos citados aos militares, destaque para os avanços e estatísticas que o Porto de Itajaí vem apesentando no atual cenário econômico do Estado de Santa Catarina e Brasil, trabalhos de dragagem de restabelecimento de aprofundamento do canal de acesso ao complexo (14 metros), giros na área da nova Bacia de Evolução, próximo de alcançar 1000 giros, e, respectivamente sobre as manobras especiais com navios de até 350 metros de comprimento (navio APL PARIS em junho de 2020), maior navio a navegar na costa brasileira no complexo local), readequação de acesso aquaviário, histórico de Delegação do porto, a busca pela atual situação de Manutenção da Autoridade Portuária Pública Municipal junto ao MINFRA, Sinalização Náutica, estrutura de cais (berços 03 e 04 realinhados e reforçados), plano estratégico de expansão portuária, melhorias e infraestrutura, resultados operacionais do complexo e histórico de movimentação (contêineres), importância da atividade portuária local para o cenário econômico de Santa Catarina e Brasil, enfrentamento e combate ao surto global de COVID-19 (Coronavírus), realizado nos últimos dois anos, entre outros tópicos.

O Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga destacou através da Autoridade Portuária, a ótima relação que sempre teve com a Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí (Marinha do Brasil), e agradeceu pelo auxilio que sempre tiveram, principalmente durante o período em que o atual Delegado da Capitania local, Eduardo Rodrigues de Paula, esteve à frente da Autoridade Marítima em Itajaí, e, também colocou à disposição do novo Delegado, Eduardo Rodrigues de Lima, todo o efetivo e apoio para valorizar e aproximar ainda mais a relação de trabalho entre os órgãos:

“Essa relação entre Autoridade Portuária e Autoridade Marítima é fundamental para que o Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes amplie suas atividades e evolua de forma harmônica. Um gerenciamento que serve para melhorar e somar os esforços entre os órgãos intervenientes. Dessa forma, há uma melhora da acessibilidade às embarcações, colaborando no trafego marítimo, bem como em qualquer tipo de projeto que envolva a ampliação das ações de âmbito marítimo. Agradecemos, então, ao trabalho do Delegado Eduardo de Paula pelos seus esforços junto à Autoridade Marítima, e damos boas-vindas ao novo delegado, Eduardo Lima, com orientações a respeito das dimensões do complexo, suas relações com as atividades desempenhadas pela marinha, e suas próximas possibilidades enquanto futuro comandante”, pontua Fábio.

Uma forte característica da Superintendência do Porto de Itajaí, sempre foi o bom diálogo com todos os envolvidos que atuam junto ao porto e complexo num todo. Assim como a Marinha do Brasil, o respeito e reconhecimento por sua intensa atuação em Itajaí ao longo de décadas, demonstra o comprometimento em atuar juntos, como Autoridade Portuária integrada à Autoridade Marítima, tanto local, como no Estado. A segurança de navegação é primordial em diversas atividades voltadas para o complexo portuário de Itajaí e Navegantes.

Ocupando o cargo de Delegado da Capitania dos Portos de Itajaí até o próximo dia 29 de julho, o Capitão de Fragata Eduardo Rodrigues de Paula agradeceu a todos pelo período de mais de dois anos em que esteve em Itajaí, e contou seu novo destino.

“Assumi no dia 10 de julho, e agora irei para o Rio de Janeiro, servir a Diretoria Geral Pessoal da Marinha do Brasil. As atividades no município de Itajaí valeram muito a pena, apesar dos problemas acarretados pela pandemia. Seria ainda melhor se não tivesse a covid-19. Já estou com saudades aqui do município de Itajaí “, comentou Eduardo de Paula.

O novo Delegado da Capitania dos Portos de Itajaí, Capitão de Fragata Eduardo Rodrigues de Lima serve a Marinha há vinte e oito anos, e vem de Niterói, da sede da Esquadra Brasileira, na condição de encarregado de navegação do Navio Escola Brasil, atuando ainda por quatro meses na Força de Superfície, como assessor. De acordo com sua metodologia de trabalho, dará sequência ao que vinha sendo realizado junto à atividade marítima, sempre envolvida com a Autoridade Portuária e complexo portuário como um todo:

“Minha expectativa é de um trabalho muito profícuo sobretudo na relação com a Autoridade Portuária. Acompanhamos, detalhadamente, as projeções e os prognósticos positivos do Porto de Itajaí para crescimento e isso resulta diretamente no aumento do Produto interno Bruto (PIB) percapta e do Índice de Desenvolvimento Humano da cidade (IDH). Sem dúvida alguma, o papel da Autoridade Marítima, de dentro da sua jurisdição, vai ser de compartilhar com o Porto de Itajaí as atividades que são em comum e contribuir para o desenvolvimento do município”, conclui o novo Delegado Eduardo Rodrigues de Lima.

Ao término da reunião, todos os participantes registraram o encontro com a entrega de livros que contam a trajetória e histórico do Porto de Itajaí.