top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Zanon

Mirins sugerem campanha de divulgação da vacina contra o HPV direcionada a meninos


Os vereadores mirins de Balneário Camboriú fizeram sua reunião ordinária de outubro na tarde desta quinta-feira (27), em que aprovaram 15 indicações (leia a relação completa aqui).


Uma delas é a 184/2022, da vereadora mirim Greice Nicolow (do Colégio Liceu Catarinense), que indica que a prefeitura crie uma campanha na Rede Municipal de Ensino para divulgação da vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV), direcionada aos estudantes do sexo masculino com idades de 9 a 14 anos.


Em setembro deste ano, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária para a vacina em meninos: antes, era de 11 a 14 anos, e agora é igual à das meninas, de 9 a 14 anos.


De acordo com informações do Ministério da Saúde, a vacinação contra o HPV em adolescentes é utilizada por mais de 100 países, e vários deles já possuem estudos de impacto dessa estratégia com resultados positivos na prevenção e redução das doenças ocasionadas pelo vírus, como câncer do colo do útero, vulva, vagina, região anal, pênis e orofaringe.


A vacina é aplicada nessa faixa etária devido à maior eficácia da imunização se feita antes do início da vida sexual.


A vereadora mirim ressalta na justificativa da indicação que, “no Brasil, existem de 9 a 10 milhões de infectados pelo HPV, e a cada ano mais de 700 mil casos aparecem, então se ambos os sexos se vacinarem será muito difícil que essa doença se espalhe nessa proporção”.


No início da reunião, no momento da Tribuna Livre, o vereador Alessandro Teco (Republicanos) fez uso da palavra.

Comments


bottom of page