Buscar
  • Ricardo Zanon

Águas de Camboriú diminui tempo de repavimentação em até cinco vezes


Para agilizar ainda mais a finalização das obras, a Águas de Camboriú modificou o formato interno de trabalho: a partir de agora, as próprias equipes da empresa fazem a repavimentação de blocos. Uma das principais vantagens da mudança foi a diminuição do tempo de conclusão de obras, que passou a ser até cinco vezes mais rápido do que no formato anterior.

A repavimentação ocorre tanto nas ruas que são pavimentadas em blocos, quanto nas vias que são asfaltadas. A diferença é que, neste segundo caso, os blocos são apenas uma prévia da pavimentação definitiva - uma medida tomada para que a rua não fique exposta. Após a sedimentação do solo, a via recebe uma nova camada asfáltica, sobre o pavimento.

“Essa medida ainda está em fase de teste e tem o objetivo de não deixar buracos na via aguardando a equipe de asfalto. Assim, tomamos uma medida que não prejudica o trânsito e o bem-estar dos moradores até a finalização da obra”, explica Alana Lassen, coordenadora de operações da Águas de Camboriú.

Ainda de acordo com ela, a repavimentação acontece após diversas situações, como em casos de novas ligações na rede de água, deslocamento de cavalete ou manutenções. Em alguns casos específicos ela deve ser feita somente após um determinado prazo.

“Em algumas situações é necessário esperar um tempo para que a saturação do solo diminua e os buracos sejam evitados. Com essa nova forma de fazer, diminuímos em até cinco vezes o tempo que estávamos levando para realizar esse tipo de repavimentação” comenta.

Além da repavimentação em blocos, a Águas de Camboriú também trabalha com outras duas formas de finalizações: repavimentação de calçadas, que é feita pelas equipes internas, e repavimentações de asfaltos, feita por uma empresa especializada.